terça-feira, 4 de julho de 2017

Elohim - Poderia ser a buzina de uma corneta em meus ouvidos


Queremos ser como o doce canto de um pássaro que encanta seus ouvidos e invade o silêncio com sua agradável voz, provocando em vocês boas sensações e inspirações. Queremos ser como os agradáveis raios de luz numa manhã de inverno, que aquecem sutilmente vossos corpos, após uma fria noite. Queremos ser o alívio que vos abraça após experimentarem o contraste de uma situação desafiadora. Queremos ser a respirada funda que dão ao se sentirem abençoados e ao experimentarem as sensações da manifestação de algo que esperam.

Somos o pulsar mais profundo de bem-estar. E a ele sempre, sempre e sempre vos convidaremos. Pois garantimos - Esta é uma perfeita conexão com o que chamam de Deus. Aprenderam a se conectar a essa energia primária através de vossos rituais e não descartamos o valor deles no processo. Entretanto, queremos vos dizer que existe um meio mais profundo e eficaz de realizar essa conexão com a essência que chamam de Criador. Terra, orbe azul que abriga diversidade riquíssima de vida, estamos felizes em poder contar boas novas da felicidade a você e oferecer aos seus habitantes humanos deste tempo o segredo para se fundir com o Poder que cria todas as coisas, em toda parte!

Uma risada que faz a barriga doer, o choro movido por uma sensação imensa de gratidão. A paz que sentem ao observar o mar num fim de tarde. O entusiasmo emanado que abraça todo corpo e flui por ele como uma corrente elétrica, o sentimento de amor que preenche vosso ser ao estender a mão a alguém ou uma causa, tudo isso, é pelo menos mil vezes mais poderoso do que qualquer ritual que possam fazer para se conectarem ao que chamam de Deus. Preferimos reescrever isso da seguinte maneira — Alinhar-me ao meu estado pleno
Tal frase une vocês com o que chamam de Deus e vos confere o poder de realizar a conexão com essa energia a partir de si mesmos. Então, agora está fácil!

Podem se conectar com o canto agradável de pássaro ou se incomodarem com os latidos frenéticos de um cão. Ou podem apreciar esses latidos e procurar neles a beleza que encontram no canto de um pássaro. Vinícius às vezes se incomoda com os latidos de seus cães. Ele os acha estéricos em alguns momentos. Talvez seja desafiador encontrar a apreciação em algo que claramente pode vos incomodar. Sabemos disso. Porém, oferecemos aqui um pensamento que seria o seguinte — Isso poderia ser pior! E sabem de uma coisa? Pode funcionar!

Estamos oferecendo essa linha de pensamento a ele e a vocês também, que porventura se incomodem com algum tipo de som, ruído, ou qualquer outra coisa. No caso dos cães, como seria se cada latido deles fosse como um som de uma corneta que ao ser tocada vos assusta tanto que acelera os batimentos cardíacos e em poucos segundos podem colocar vocês num profundo estado de estresse. 

Isso ocorreu com a mãe de nosso canal, já há um bom tempo. Ela estava caminhando calmamente pela rua quando um sujeito numa bicicleta disparou a corneta atrás dela. Vinícius se alinha aos risos enquanto contamos isso. Em poucos segundos, sua mãe desconectou-se de tal maneira que agrediu o homem verbalmente. Ele, obviamente, não se incomodou, pois estava bem mais alinhado com a brincadeira tenebrosa de provocar sustos nos outros do que com a desconexão da mãe de Vinícius.

Por isso, pensem, ao ouvirem os latidos e sons que incomodam, as contas que chegam e que vos desafiam, a opinião dos outros que vos aborrecem... A cara feia daqueles que não aprovam vocês em suas escolhas... Ou tantas outras coisas que vos irritam e causa mal estar — Poderia ser a buzina de uma corneta em meus ouvidos! E isso me tiraria do sério em menos de um segundo. Isso me desalinharia em instantes.

Esse pensamento pode ser útil. E após isso, alinhem-se. Busquem a perfeita conexão que se dá a partir das melhores sensações, que são frutos dos pensamentos bem escolhidos. Do contrário, esperem pela corneta! Pois o contraste certamente buzinará em vossos ouvidos vos lembrando da necessidade de escolherem o alinhamento, caso estejam longe dele agora. Lembrem-se disso. Escolham a conexão. Apreciem, agradeçam, comemorem, elogiem, absorvam o Bem, pensem nele, creiam nele, esperem por ele. E garantimos, nesse caminho, haverá cada vez menos “cornetas” a vos incomodar. Haja luz! 

Canalizado por Vinícius Francis 
Direitos Autorais: © Vinícius Francis, 2017 

4 comentários:

  1. Mais uma vez suas mensagens em sintonia com meu dia a dia! Ontem fiquei me controlando para não me irritar com os latidos do cão da vizinha, me perguntando como é possível se manter serena com aquela situação rsrs. Hoje os Elohim lindamente explicam! Gratidão Vinícius! Muita luz!

    ResponderExcluir
  2. Nunca havia pensado por este ângulo, procurar o bem dentro do desalinhamento, formidável.

    ResponderExcluir
  3. Tenho uma identificação plena com esses anjos da alegria. Amor total.
    Vinicius, querido menino de luz,obrigada por tanto carinho compartilhado.
    Que o amor nos cure.

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião ou pergunta.